Bilhetes falsos para o Louvre

setembro 14, 2013

Publicado hoje, n'O Globo.



Nós, brasileiros, temos a tendência de achar que somos os inventores da malandragem e que a corrupção é uma característica só nossa. Quanto mais tempo eu moro aqui em Paris, esta cidade cheia de gente vinda de todos os cantos do mundo, mais percebo o quanto estamos enganados. Por aqui, os crimes podem chegar em níveis de criatividade que nós brasileiros nem somos capazes de conceber e os turistas são, com muita frequência, o alvo principal dos embustes. Esta semana, por exemplo, foi anunciado para a imprensa um novo golpe muito preocupante para os turistas: a falsificação de bilhetes para o Louvre.

As informações divulgadas na imprensa francesa contam que tudo começou com a apreensão de quase 4 mil bilhetes falsos vindos da China e retidos pelas autoridades belgas na fronteira. Depois disso, os empregados do Louvre começaram a ficar mais atentos. No último dia 11 de agosto, um chinês apresentou um bilhete a um agente do museu que suspeitou da sua autenticidade, o agente deixou o chinês entrar, mas apreendeu o papel. A partir daí, estava dada a largada para uma fiscalização mais dura. Ao longo dos dez dias que seguiram o episódio, os funcionários foram encontrando vários turistas que portavam falsificações de bilhetes, algumas ruins e outras quase perfeitas. No dia 26, o museu passou a barrar quem estivesse com cópia falsa e, esta semana, foi aberto um inquérito para descobrir os responsáveis por este comércio ilegal.

Aos turistas brasileiros, o meu conselho é sempre o mesmo: fiquem de olho, porque aqui é cheio de gente querendo se dar bem em cima de vocês! O site oficial do Louvre indica os lugares autênticos onde vocês podem comprar os ingressos adiantados e recomendo sempre consultar as vias oficiais para não cair em roubadas.

Posts relacionados

4 comentários

  1. Que cilada... :T Isso tem no mundo inteiro, fazer o que né.

    setevidasfelinas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, a gente tem que ficar esperto!

      Excluir
  2. Olá!
    Infelizmente, espertinho tem em todo lugar!Mas se não houvessem os engraçadinhos que compram serviços e produtos falsificados, não haveriam falsificadores!Isto tem como fundamento, o caráter - na verdade a FALTA de caráter! É triste.
    Parabéns pelo espaço e obrigada por nos mostrar um pouquinho da "Cidade Luz" ... que também é afetada por "sombras", lamentavelmente.

    bysecretlady.blogspot.com.br

    ResponderExcluir