Sinalizações de rua com arte

agosto 20, 2013

Publicado hoje, n'O Globo.



Quem veio a Paris nos últimos dois anos, certamente já esbarrou com alguma das intervenções urbanas do francês Clet Abraham. O artista, que mora em Florença, começou a fazer colagens divertidas em placas de rua no final de 2010, depois de notar que a sinalização que estamos tão acostumados a ver e obedecer se tratava também de uma forma de oprimir as pessoas.

Desde então, Clet já passeou por várias capitais do mundo, como Londres, Roma, Berlim e Buenos Aires, colando seu adesivos cheios de humor e reflexão. Uma das que mais chama a atenção dos turistas é a torre Eiffel dobrada, mas o trabalho de Clet não se resume a só isso. As ilustrações, muitas vezes super simples, tem quase sempre uma mensagem sarcástica e cheia de provocação. Um bom exemplo disso é o Jesus Crucificado em um cruzamento ou um homem que carrega um peso em uma placa de proibido seguir adiante. O meu conselho: quando vocês caminharem por Paris, reparem nas placas, não só por segurança, mas porque vocês podem estar em frente a uma obra de arte.

Posts relacionados

0 comentários