O primeiro motel de Paris

junho 19, 2013

Publicado hoje, n'O Globo.



Não existe nada que você não possa encontrar em Paris. Tudo já foi feito, já foi lançado, já foi experimentado, e é por isso mesmo que é curioso pensar que, na cidade do Amor, não existia nem um único motel até 2011. O conceito do Love Hotel, localizado bem no meio da Cidade-Luz, foi trazido do Japão, após os sócios passarem uma temporada lá e descobrirem algo que os franceses, até então, desconheciam.

É claro que, depois que eu descobri a existência do único motel da cidade, eu precisei fazer uma visita, para entender como uma ideia que já é tão difundida no imaginário brasileiro foi absorvida pelos nossos amigos franceses. O primeiro choque já aconteceu ao subir as escadas e dar de cara com um quartinho com vidro onde a faxineira passava, tranquilamente, um lençol. Em um lugar que preza tanto pelo anonimato, o rosto de uma faxineira trabalhando normalmente pode causar bastante estranheza e tenho a impressão de que, se eu estivesse lá como cliente, ficaria bastante desconfortável.



O segundo choque foi o fato de terem funcionários e clientes passando pelos corredores despretensiosamente. Cheguei até a passar por uma mulher perdida pedindo informação para encontrar o quarto onde esperava o seu amado! Tirando estas pequenas diferenças culturais, as instalações, em si, seguem os padrões brasileiros: quartos temáticos com muitos espelhos, sistema de som e televisões oferecendo uma variedade de filmes pornô.

Para quem quiser experimentar, o Love Hotel permite reservas online e o preço por hora é a partir de 25 euros.

Love Hotel
88 rue st denis
75001 Paris
+33 1 44 82 63 05

Posts relacionados

0 comentários