O Coelho do metrô

junho 28, 2013

Publicado hoje, n'O Globo.



Quem já pegou o metrô parisiense e reparou nos detalhes da sinalização certamente já se deparou com o tradicional desenho de um coelho rosa apertando a mão nas portas com os seguintes dizeres "ATTENTION! Ne Mets pas tes mains sur la porte: tu risques de te faire pincer très fort." (em tradução livre: "ATEÇÃO! Não coloque as suas mãos na porta: você corre o risco de tomar um beliscão com força.").

Eu mesma encarei já aquele coelho milhares de vezes percorrendo as diversas linhas de Paris e sempre me perguntei: de onde tiraram este coelho e por que ele é assim tão feio? Ontem, depois de pensar em escrever um post sobre o assunto, cheguei em casa e vi que o excelente blog Le Bonbon tinha tido exatamente a mesma ideia! Depois de pesquisar um pouco, descobri que o tal coelho tem uma longa história que começa em 1977.



Aparentemente, a RATP, empresa que cuida dos transportes públicos em Paris, precisava dar um jeito de comunicar às crianças que não era uma boa ideia colocar as mãozinhas na porta e escolheu um coelho por ser um animal muito presente em fábulas e histórias infantis. O primeiro coelho, chamado de Obafemi, era marrom e ficou quase 10 anos alertando os pequenos a ficarem atentos. Na década de 80, no entanto, após algumas acusações de racismo, a RATP se viu obrigada a trocar o desenho e fez um concurso entre 260 ilustradores para escolher a nova cara do animal-propaganda. O novo coelho, então, ganhou o nome de Serge, o mesmo de seu criador, virou cor-de-rosa e teve o visual repaginado. Serge, hoje em dia, é uma celebridade da internet e possui um siteuma página (não oficial) no Facebook que conta com quase 200 mil fãs!

Posts relacionados

0 comentários