sexta-feira, 3 de agosto de 2012

As 10 melhores músicas para aprender francês (Parte 02)

(Publicado hoje, no Conexão Paris.)

Alguns meses atrás, escrevi um post lá no Sob o céu de Paris listando as dez melhores músicas para aprender francês e as dicas fizeram tanto sucesso que decidi fazer uma parte 02, afinal, aprender francês com música é muito mais agradável e o número de músicas que podem ajudar um estudante da língua de Baudelaire é muito maior que 10.

Desnecessário dizer que as músicas escolhidas são as que mais me ajudaram a aprender, e não necessariamente são as melhores. São elas (em ordem de facilidade):

1. Ces mots stupides, esta versão de Something Stupid (popularizada por Frank e Nancy Sinatra) feita pelo casal Albin de la Simone e Jeanne Cherhal, é super simples de entender. Lembro de ouvi-la pela primeira vez e compreender metade da música sem precisar recorrer ao Google. Tudo bem que não é exatamente a letra mais profunda do mundo, mas ajuda bem os iniciantes.



2. Capri, de Hervé Vilard. A versão da Berry é ainda mais clara, mas este videoclipe me levou a escolher a original para postar aqui.



3. Votre fille a vingt ans: a versão do grego Georges Moustaki é mais clara e, na minha opinião, mais bonita. A letra é um primor de beleza. Me ensinou o verso "vous aviez embelli" que, por si só, já vale a música toda.



4. C'est si bon, cantada pelo Yves Montand.



5. Quand on n'a que l'amour, de Jacques Brel. Esta, além de um aula de francês, é também uma aula de amor.



6. Elisa, de Serge Gainsbourg. Esta me ajudou a decorar palavras simples, como dedos, unhas, cabelos e...bom, piolhos!



7. Tous les visages de l'amour, de Charles Aznavour. Eu não sei se é porque conheci a versão de Elvis Costello primeiro e a letra em inglês é muito parecida com a original, mas quando ouvi esta música em francês pela primeira vez, entendi imediatamente quase tudo que estava sendo dito.



8. C'est beau la vie. Esta foi super importante pra me fazer gravar esta regra (louca!) que diz que o adjetivo tem que concordar com o pronome Ce quando está na frente do substantivo. Parafraseando Obélix, "ils sont fous, ces Gaulois!".



9. Pénélope, de Georges Brassens. Vocês vão achar que é auto-promoção, mas juro que não é. Brassens não é para qualquer um e muito menos para um iniciante, mas tem um verso que diz "en attendant l'retour d'un Ulysse de banlieue" que me fez nunca mais esquecer o sentido da palavra banlieue.



A lista é para ter 10, mas vou deixar a última para vocês sugerirem e eu poder fazer mais um post desta série!

Bom fim de semana a todos.

5 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...