sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Jacques Brel

(Publicado hoje, no Conexão Paris)

O belga Jacques Brel ficou famoso na França por suas letras fortes e sofridas e suas interpretações dramáticas. Falar da importância de Brel para a chanson française é chover no molhado: o cantor revolucionou a chanson e foi influência para gigantes como Nina Simone, Leonard Cohen e David Bowie.

Entre tantas composições, Brel escreveu duas que ficaram muito famosas no mundo inteiro: Le moribond e Ne me quitte pas. A primeira é uma carta de despedida de um homem no seu leito de morte e fez muito sucesso nos EUA depois que foi gravada por Terry Jacks, na década de 70. Seasons in the sun, como foi chamada pelos americanos, ficou semanas no primeiro lugar das paradas de sucesso e vendeu 10 milhões de cópias, estrelando até hoje a lista de singles mais vendidos da história.

Depois disso, a música ganhou várias interpretações, que vão dos Beach Boys até a banda indie Beirut. Abaixo vocês podem ouvir algumas das interpretações mais notórias de Le Moribond.







Claro, não poderia faltar a interpretação de Brel para Ne me quitte pas.



E para fechar esta lista, posto aqui a minha favorita de Brel, a intensa Quand on a que l'amour.

3 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...