quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

As melhores músicas francesas de 2010

Conforme eu prometi neste post aqui, vou reparar a ausência de uma lista de melhores do ano de 2010 agora. Antes tarde do que nunca, não é?

Esta foi a cara que eu fiz quando percebi que
não tinha feito a lista de melhores de 2010







Eu realmente não sei porque esqueci de fazer esta lista ano passado, mas corrijo a minha displicência agora, o mais rápido possível. Especialmente porque 2010 foi um ano incrivelmente frutífero para a produção musical francesa.

1. Soulman - Ben l'Oncle Soul (Ben l'Oncle Soul) - Nem preciso comentar essa escolha, né? O primeiro lugar, na verdade, teria que ser dividido entre Ben e Zaz que, só porque eu fiquei muito seduzida pelo rapaz, ficou em segundo nesta lista. Mas só estes dois já mostram o tanto que a música francesa rendeu excelentes frutos em 2010, né?

Soulman by Ben L'Oncle Soul on Grooveshark


2. La Fée - Zaz (Zaz L'album) - Sem dúvida, Zaz foi o destaque do ano merece o primeiro lugar (embora esteja em segundo!). Ao contrário da maioria, Je Veux não é a minha música favorita, mas La Fée.

La Fee by Zaz on Grooveshark

3. Come Home - Yael Naim (She was a boy) - o segundo disco de Naim não decepcionou, apesar de não ter tido tantas boas críticas. Ela cantou tudo em inglês, mas eu continuo fã incondicional e Come Home é destas músicas matinais e ensolaradas.

Come Home by Yael Naïm on Grooveshark

4. La Banane - Philippe Katerine (Philippe Katerine) - o polêmino Katerine surpreendeu a todos com um disco polêmico e dividiu absolutamente a crítica. Enquanto uns diziam "gênio!" outros o acusavam de charlatão. La Banane foi o primeiro single lançado e teve um videoclipe que, igualmente, deu o que falar. Deste disco, vale falar também de La Reine D'Angleterre, uma música engraçadinha, onde Katerine canta em francês com sotaque inglês. Divertidíssima.

La Banane by Katerine on Grooveshark

5. Ame Sensible - Lili Ster (La Castafiore) - Esta tem um video tão simpático no Youtube, que vale a pena ver de novo.



6. Le charleston*** - Andréa Lindsay (Les Sentinelles Dorment) - Pra mim, Andréa foi uma das revelações do ano. Vale demais ouvir também Le temps de l'amour. Cover de Gainsbourg esplendoroso, tanto que foi a primeira música que eu postei na Chanson de Lundi, lembram?

Le charleston by Andréa Lindsay on Grooveshark

7. Dites-les avec des flingues - Bejamin Paulin (L'homme moderne) - Com um visual gainsbourniano, Benjamin já chegou fazendo e acontecendo. O rapaz promete, e já tem disco previsto para 2012.

Dites le avec des flingues by Benjamin Paulin on Grooveshark

8. L'idole de Jeunes - Keren Ann e Benjamin Biolay (Thelma, Louise et Chantal BO) - esta vai contra duas regras, mas gostei tanto que não resisti. Primeiro, é versão, e pior: versão de versão! Segundo, é trilha sonora de filme. Mas ficou tão bom!



9.Raconte-moi - Stacey Kent (Raconte-Moi) - A americana jazzista lançou um disco só com clássicos franceses. Raconte-moi foi uma das poucas músicas inéditas neste disco de covers.

Raconte-moi by Stacey Kent on Grooveshark


10. Le Patriote - Raphaël (Pacific 231) - E olha quem nem sou fã dele assim!

Le Patriote by Raphael on Grooveshark

***Este disco, como foi apontado nos comentários, foi lançado em 2009. Me confundi porque consultei a data de lançamento na Amazon francesa que, infelizmente, está equivocada. Isso que dá fazer lista com um ano de atraso. Como gosto muito desta música, decidi deixar, espero que ninguém se importe!

Aproveito este erro para postar um bônus que ficou de fora só porque a lista é de 10 (e vale ouvir este rapaz):

11. Bilan carbone - Benoit Dorémus (2020)

Bilan carbone by Benoit Dorémus on Grooveshark

Veja também:

- As músicas francesa mais românticas
- As melhores músicas francesas de 2011
- As melhores músicas francesas da década
- As melhores coletâneas de música francesa

8 comentários:

  1. Antes tarde do que nunca! Realmente, 2010 foi um ótimo ano para a música.
    Quando escrevi a retrospectiva de 2011 para o meu blog só lembrava de lançamentos de 2010.
    Da sua lista, só conheço o Ben l'Oncle Soul, a Stacey Kent e o Raphael, mas quem eu gosto mesmo é do Ben L'oncle Soul. Queria um dia ir num show dele.
    Parabéns pela lista! Vou aproveitar para conhecer os outros artistas e colocar o francês em dia.

    ResponderExcluir
  2. Amanda, que ótimo. Também sou louca pra ir a um show dele, mas nunca tive chance. Recomendo que você ouça o disco todo da Andréa Lindsay, é bem legal.

    ResponderExcluir
  3. Nao conhecia nenhum deles mas fiquei encantada com o Benl'Oncle Soul e Andréa Lindsay. Adorei o ritmo dos dosi :):):) ah! e o Benjamin PaULIN tb. Merci.

    ResponderExcluir
  4. Só não entendi o que a Andrea faz aí, já que este álbum é de 2009.

    ResponderExcluir
  5. Beatriz, então, o meu MP3 de "Le temps de l'amour" foi comprado por um amigo que trabalha em Paris em 2010 e o arquivo tem a data de 2009 (pedi para ele comprar porque na época não conseguia achar de jeito nenhum no Brasil).

    Mas fiquei pensando que podia ter sido um single que foi lançado antes do CD todo. Daí pequisei na Amazon (onde encontra-se até a data de lançamento dos discos) e lá dizia que era de janeiro de 2010: http://www.amazon.fr/Sentinelles-Dorment-Andrea-Lindsay/dp/B002NTSMAG/ref=sr_1_4?ie=UTF8&qid=1325807332&sr=8-4

    Mas você tem razão!

    Puxa, você deve ser super fã dela! Vou deixar na lista, mas colocar uma nota de rodapé. Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Já anotei tudo.

    Feliz 2012!!!

    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  7. Gente pelo amor de deus como e o nome de uma musica francesa que o clipe é numa boate, e a mulher que canta tem um cabelo curtinho rosa, se eu nao me engano tem champagne no nome

    ResponderExcluir
  8. Gente pelo amor de deus como e o nome de uma musica francesa que o clipe é numa boate, e a mulher que canta tem um cabelo curtinho rosa, se eu nao me engano tem champagne no nome

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...